Arquivo

Archive for the ‘Sistemas Operativos’ Category

Como aceder ao “The Pirate Bay”?

16 de Março de 2015 Deixe um comentário

bloqueioApós uma decisão judicial, a qual não vou opinar, os vários ISPs de Portugal foram obrigados a bloquear o acesso ao famoso website de torrents The Pirate Bay.

E como bloquearam? Alteraram a entrada DNS nos servidores dos mesmos ISPs. Ok, altura então de apontar as nossas ligações para servidores DNS distintos do ISP, neste caso em particular para os da Google.

Em jeito de resumo, muito resumo, posso esclarecer aos menos entendidos que os DNS são nomes que têm associado um (ou mais IPs), ou seja, para uma mais fácil compreensão de toda a web. Imagine-se decorar IPs em vez de nomes…muito difícil! Portanto, quando tentam aceder, por exemplo, a “google.com” irão pedir a um servidor DNS o destino, ou seja, qual o IP que o google.com tem associado (de novo, podem ser vários IPs mas quero simplificar a explicação). O primeiro servidor ao qual fazem o pedido é ao do vosso ISP, se o mesmo já possuir a entrada irá devolver-vos o IP, caso contrário será pedido a um outro servidor numa camada mais acima…e por aí adiante.

Portanto, vocês querem fazer o pedido a outro sítio que não os servidores DNS do vosso ISP, vamos então apontar a vossa ligação ao da Google.

Estes detalhes são para Mac OS X, contudo para Windows basta irem às propriedades da ligação.

Ir a Preferências do Sistema -> Rede -> Avançadas (na ligação ativa) -> Separador DNS e alterar para o 8.8.8.8

net1 net2

Bloquear publicidade do Spotify

12 de Março de 2015 Deixe um comentário

spotify-1Se há coisa que me chateia é abrir o Spotify e ter banners “dinâmicos” a ocuparem a tela, além do posicionamento no ecrã ser aleatório…com a publicidade áudio posso bem.

Portanto, se pretendem desactivar este tipo de publicidade – banners – basta editarem o ficheiro hosts da vossa máquina e adicionar no fim as linhas seguintes:

127.0.0.1 pubads.g.doubleclick.net
127.0.0.1 securepubads.g.doubleclick.net
127.0.0.1 spclient.wg.spotify.com
127.0.0.1 media-match.com
127.0.0.1 adclick.g.doublecklick.net
127.0.0.1 googleads.g.doubleclick.net
127.0.0.1 googleadservices.com
127.0.0.1 pagead2.googlesyndication.com
127.0.0.1 desktop.spotify.com
127.0.0.1 audio2.spotify.com

Path do ficheiro:

Mac OS X: /private/etc/hosts
Windows: C:\Windows\System32\drivers\etc\hosts

Por fim apagar o ficheiro ads.spa que se encontra em:
C:\Users\<teu_utilizador>\AppData\Roaming\Spotify\Apps

— EDIÇÃO 22/08/2016 —

Com os últimos updates do Spotify também alteraram os servidores de publicidade. Assim, o método foi atualizado.
O método também bloqueia publicidade áudio.

Desproteger ficheiros Excel

11 de Janeiro de 2015 Deixe um comentário

excel_desprPor vezes existe a necessidade de retirar a proteção a ficheiros Excel, nomeadamente de folhas. Este método resulta e sem recurso a software de externos, basta um código em Visual Basic para resolverem este problema.

Assim, abram o ficheiro Excel, cliquem em Alt + F11 e será apresentada uma nova janela para edição de macros. Duplo clique em “Este Livro” (na coluna à esquerda) e colem o seguinte código:

 

Sub PasswordBreaker()
‘Breaks worksheet password protection.
Dim i As Integer, j As Integer, k As Integer
Dim l As Integer, m As Integer, n As Integer
Dim i1 As Integer, i2 As Integer, i3 As Integer
Dim i4 As Integer, i5 As Integer, i6 As Integer
On Error Resume Next
For i = 65 To 66: For j = 65 To 66: For k = 65 To 66
For l = 65 To 66: For m = 65 To 66: For i1 = 65 To 66
For i2 = 65 To 66: For i3 = 65 To 66: For i4 = 65 To 66
For i5 = 65 To 66: For i6 = 65 To 66: For n = 32 To 126
ActiveSheet.Unprotect Chr(i) & Chr(j) & Chr(k) & _
Chr(l) & Chr(m) & Chr(i1) & Chr(i2) & Chr(i3) & _
Chr(i4) & Chr(i5) & Chr(i6) & Chr(n)
If ActiveSheet.ProtectContents = False Then
MsgBox “One usable password is ” & Chr(i) & Chr(j) & _
Chr(k) & Chr(l) & Chr(m) & Chr(i1) & Chr(i2) & _
Chr(i3) & Chr(i4) & Chr(i5) & Chr(i6) & Chr(n)
Exit Sub
End If
Next: Next: Next: Next: Next: Next
Next: Next: Next: Next: Next: Next
End Sub

Permanecer com esta janela aberta, mudar para o Excel e selecionar a(s) folha(s) protegida(s), voltar à janela do código e correr o código (clicar no ícone play).
Isto acontece porque no código tem a função ActiveSheet, daí termos de selecionar uma a uma, cada folha Excel e correr o comando para cada uma protegida.

Simples e eficaz. Será apresentada uma popup mas ignorem.

iOS vs Android na minha vida

10 de Setembro de 2014 Deixe um comentário

android_vs_iosNão, não é um post de flame a qualquer uma das plataformas nem tão pouco pretendo incendiar qualquer tipo de troca de comentários acesa, como costuma acontecer normalmente quando estes dois nomes coabitam um mesmo post.

O intuito é transcrever alguns pensamentos que tenho tido, especialmente o principal: “não será altura de dar a oportunidade a outro ecossistema? Já vou à explicação… Ler mais…

Categorias:Android, iOS, Sistemas Operativos Etiquetas:, , ,

VM no Fusion não arranca no Mac OS X Mavericks

27 de Fevereiro de 2014 Deixe um comentário

freeze1Hoje deparei-me com um problema que me fez pesquisar um pouco sobre o assunto e encontrar uma solução que a própria VMware não disponibiliza…além de que poucas pessoas possuem este problema (?).

Na tentativa de criar uma VM no meu Mac OS X Mavericks, com CentOS 6.5, iniciei o processo recorrendo ao VMware Fusion 6.0.2. A instalação correu sem problemas, já o arranque…

Basicamente, durante o processo de arranque a consola freezava, nem para a frente nem para trás.

Identificado o problema, está na altura de alterar um parâmetro do sistema, o mecanismo que restringe, em número, os recursos que determinado processo de um utilizador utiliza.

De imediato, de forma não permanente (ao reiniciar o Mac perdem a config) poderão executar:

sudo ulimit -n 8192

Se mesmo assim não der caramba, “sudo ulimit – n 0” (é um zero) e pronto, número ilimitado!

Mas para uma configuração permanente executar:

launchctl limit maxfiles 8192 8192

Desfrutem agora da vossa VM com a total normalidade.

Categorias:Mac OS X Etiquetas:, , , ,

Erro no log do IDS (Snort) na Endian Firewall

10 de Fevereiro de 2012 Deixe um comentário

Esta é a solução para o erro “/var/log/snort/alert could not be opened” que aparece quando acedemos ao GUI (via web) da Endian Firewall, em “Logs” -> “Service” (separador IDS).

Fui ao directório /var/log/snort e listei o conteúdo mas nada, não existia nada. Ok, se calhar as permissões estão incorrectas. As permissões são rwxr-x—, como quem diz o dono tem permissão para ler, escrever e executar, o grupo ler e executar e os outros utilizadores nenhuma permissão. Vi também que este directório estava associado ao user “snort” e então decidi alterar isto mesmo para o utilizador “root”, basta correr esta linha em modo root(administrador):

chown -R root /var/log/snort

O argumento R nem está ali a fazer nada pois não existe nenhum conteúdo mas a sua função é que o comando seja recursivo, varrendo directórios e ficheiros. Mas pelo sim e pelo não, podem ter algum directório e assim é certo funcionar.

Os sortudos do Mac OS X Lion

21 de Julho de 2011 3 comentários

Após anos e anos com dual boot Windows e Linux decido migrar o meu modo de trabalho para uma nova base, um MacBook Pro! Esta mudança é recente, recebi o portátil no dia 25 do passado mês mas tenho a dizer que sem dúvida que isto é uma nova experiência, um Linux muito bom ao nível da experiência de utilizador!

Aparte disto e como decerto é sabido, nem vou estar a noticiar algo pois estava a repetir conteúdo que aparece em milhares de blogs e portais, sobre as novidades do novo OS X Lion, existem problemas já identificados.

Um deles e o que me anda a chatear bastante, daí este meu post, é a impossibilidade de actualizar com a indicação de um erro de que o nº de série do computador não é reconhecido. Contactei o suporte via telefónica e disseram-me que havia uma sobrecarga de pedidos, para tentar mais tarde…ok, assim fiz várias vezes e nada. Ler mais…

Categorias:Sistemas Operativos Etiquetas:, , ,