Arquivo

Archive for the ‘Mundo’ Category

Trolling MPAA, o Pagamento Digital

29 de Março de 2012 Deixe um comentário

Vou citar um email que um cidadão, alegadamente da Finlândia, enviou à MPAA. A origem foi um print que anda pela web e que exponho aqui (clicar na imagem).

Mas a brincar e ironizar bastante ficamos a pensar no corpo do mesmo email. Vou deixar aqui o texto:

Hello

At first I would like to point out that I am an avid movie-goer, me and my friends go see every major movie title that our small town’s theater gets. Also, we don’t have a physical movie rental store any more, and services such as Netflix are not available in our country, so it’s next to impossible to rent movies in good quality where I live. If I were you, I would concentrate on lifting those country availability limitations, so that people outside of the US could actually pay for the work your movie and TV series makers do.

Along the years I (may) have downloaded hundreds of movies and thousands of episodes of TV series.
As these digital files are not physical products, and are in fact just a bunch of 1s and 0s, I’d like to send you a small pay for all damages I (may) have caused, of course in the same kind of immaterial media as all my downloads (may) have been.

So, enjoy your digital copy of 10 euros. Please note that it is an original scan of a real 10 euro bill that I personally own. I don’t feel bad for sending this digital copy to you, since it is just a copy, not the actual bill I have in my wallet. Now you can enjoy the magnificient details of the bill, and I haven’t actually list anything, even though I own the original bill. You are just getting a digital resemblance of it. I guess you already understand what I’m trying to say here 🙂

Sincerely,
Aleksi …., Finland

Anúncios
Categorias:Mundo Etiquetas:, ,

Carta Aberta à CML

28 de Março de 2012 Deixe um comentário

Pese embora este post fuja um pouco ao âmbito do blog, a minha indignação para com práticas levadas a cabo por pessoas sem conhecimentos técnicos, no poder, com influência para modificar a vida dos cidadãos e que tomam decisões generalizadas e muitas ridículas, é algo que me tira do sério desde sempre. Normalmente mantenho a sobriedade mas este é tão ridículo e demagogo, uma verdadeira fábula ambiental!

Esta é uma carta aberta ao vereador dos pelouros Mobilidade e Infra-estruturas Viárias Ler mais…

Categorias:Mundo Etiquetas:, , ,

Apple Steve Jobs The Crazy Ones

8 de Outubro de 2011 Deixe um comentário

Não vou repetir o que sucedeu há dias, a morte de Steve Jobs. No entanto deixo-vos um vídeo inspirador, narrado pela sua voz, que demonstra as pessoas que mudam o mundo, que alteram os hábitos, que não se importam com o status-quo, que fazem realmente a diferença.

Categorias:Mundo

Dou graças por…

31 de Maio de 2011 Deixe um comentário

Com a supremacia da violência, corrupção, compadrios aos bons e “velhos” valores e costumes de quem vive em sociedade começo por dizer: OBRIGADO aos meus pais pela educação que me deram e continuam a dar!

Dou graças por ter tido poucos brinquedos, apenas os necessários…e ter ficado triste por ver outros com muitos mais;

Dou graças por ter sabido dar valor ao que tinha;

Dou graças por ter levado réguadas na escola;

Dou graças por ter andado numa escola com o recreio em terra, ter sujo a roupa e ainda apanhar umas sapatadas pelo feito;

Dou graças por ter tido sempre uma bicicleta e ter rachado umas quantas vezes a cabeça;

Dou graças por ter pegado em moto-serras, máquinas de cortar erva, máquinas se sulfatar e cortar a ignição pelo cachimbo da vela para tentar ouvir ráteres;

Dou graças por não haver ASAE ou o raio que os partam e segurar no rabo dos porcos que os meus avós matavam…e também chamuscar com palha ou maçarico;

Dou graças por ter fugido de cães e subir para árvores, deu-me agilidade;

Dou graças por ter feito uma dezena de cabanas…e a maior parte em terrenos alheios onde de um dia para o outro estavam destruídas (era a noite LOL);

Dou graças por ter um rio a 1km de casa e ter pegado na bicla, atado a cana de pesca ao quadro e ir pescar sem licença alguma (na altura haviam alguns tipos, do rio x ao rio y…agora nem sei);

Dou graças por encapar os livros e jurar a pés juntos que não os ia estragar…para no final dos anos lectivos serem guardados tipo pérolas no sótão;

Dou graças por ter jogado à bola na estrada, por ter fugido quando a bola acertava nalgum carro ou quando sujava toda a parede de uma casa (que servia de baliza);

Dou graças por ter toda e qualquer ferramenta ao meu alcance…como rebarbadora e fazer dela moto-serra para cortar madeira para os carrinhos ou “esquis”…e sniffar todo o fumo de um disco a queimar/cortar madeira;

Dou graças por ter malhado várias vezes quando atei uma corda para fazer slide e a dada altura esta se partir;

Dou graças por ter tido um morteiro nas mãos (servia para um caçador mandar para as tocas das raposas para elas saírem de lá), acender, fugir e cair por cima de uma das pessoas que me acompanhava…e depois ter ficado parvo com semelhante explosão;

Dou graças por ter andado uma temporada sem travões na bicicleta onde as sapatilhas serviam de calço…e ficavam com semelhante túnel na sola que enfim…depois apanhava claro;

Dou graças por ter tido um caixote de lixo à mão, ter tido muitas t-shirts brancas lisas iguais e ter metido uma ao lixo quando ficou cheia de sangue após um malho contra um muro;

Dou graças por ter pintado um símbolo da NIKE numas calças de fato de treino e ser o “maior” porque tinha comprado umas calças da NIKE!!!!!;

Dou graças por nunca ter “x-zatado” nem agredido colegas na escola…mas ainda acertei tive uns arrufos com alguns como qualquer criança;

Dou graças por ter partido um vidro por causa de uma bola perdida…na 1ª classe e ter pago 60 contos (na altura uiiiii);

Dou graças por ter vindimado, semeado e colhido batatas, sulfatado, puxado terras (coisas que ainda hoje faço);

Dou graças por ter levado diariamente 50 escudos para a escola e dar para um bolo numa pastelaria, mais duas chicletes;

Dou graças por até há 2 ou 3 anos contar os tostões que ia colhendo aqui e ali;

Dou graças por ter levado sempre o lanche na mochila;

Dou graças por ter andado com um foco quando o caminho de minha casa ainda não tinha iluminação pública;

Dou graças por ter tirado uma negativa no 7º ano a Geografia, fugir da escola a chorar e esconder o teste durante semanas (os pais tinham de assinar);

Dou graças por ter tido toda uma educação baseada em valores, por ter ido para fora para uma faculdade, por repudiar corruptos e compadrios, por ter alcançado um posto de trabalho por mérito, por ter “sede” de mais e lutar há anos por uma simples coisas que muitos de um dia para o outro têm, por trabalhar imenso para vencer, por não me dar por vencido nas adversidades da vida, etc. etc. etc.

Por tudo isto e MUITO MAIS só tenho de agradecer aos meus pais por tudo e com uma certeza, que no futuro os meus filhos irão receber uma educação digna, atenta e assente em valores individuais e sociais…mesmo que pareça do século passado como eu senti na pele…mas que hoje reconheço quanto me valeu!

Categorias:Mundo

Eu conheço um país…

20 de Maio de 2011 Deixe um comentário

Um texto de apelo ao patriotismo, pelo director-adjunto do jornal “Expresso”, que tem circulado na internet desde 2009. Patriotismo não é desfazermo-nos em lágrimas ao som o hino nacional; não é sofrer taquicardia quando joga a selecção nacional de futebol; não é fazer continências aos senhores almirantes, generais e comandantes das Forças Armadas.

Compilei dois textos distintos que segundo as fontes seriam do mesmo autor, compilados num só para fazer mais sentido. Ler mais…

Categorias:Mundo Etiquetas:,

Oracle abandona OpenOffice

18 de Abril de 2011 Deixe um comentário

Numa altura em que este blog ainda nem existia deu-se a compra da Sun pela Oracle. Muita notícia correu por esse mundo fora, muitos receios de que o OpenSolaris, MySQL, OpenOffice…pudessem ser extintos.

Tauuuuuuuuuuuuuuu, receios? Quais receios? Primeiro foi o OpenSolaris, agora o OpenOffice! E quem manda aí palpites para datas do abandono do MySQL?

O motivo que levou a Oracle a abandonar o OpenOffice prende-se pelo facto de existir um fork do mesmo mas denominado LibreOffice. Assim deixam de

Categorias:Mundo Etiquetas:, , , , ,

Homens da Luta na Eurovisão

6 de Março de 2011 Deixe um comentário

Ontem num jantar de Carnaval e ao vermos a actuação dos Homens da Luta (que por acaso também iam actuar em Ovar, fiquei sem perceber a que horas) no Festival da Canção saíram questões tipo “e se estes gajos ganham?”, “muito gostava que estes ganhassem”, “como é que se vota?”

Hoje acordo e vejo nas notícias que tinham ganho, vão representar Portugal no festival Eurovisão na Alemanha! A minha intuição de ontem bateu certinho: “estes ainda vão ganhar porque demonstram a revolta do povo”.

É só a palavra do zé povinho a espalhar-se…eu considero uma vergonha para Portugal, como música não acho que valha grande coisa mas aqui consideramos somente a música mas o que ela transmite…

Fica então a música:

Categorias:Mundo