Início > Offtopic > As newsletters e o SPAM

As newsletters e o SPAM

19 de Fevereiro de 2011 Deixe um comentário Go to comments

De entre algum SPAM que recebo, felizmente não muito, hoje recebo mais um email de uma empresa de decoração de Aveiro. É já o terceiro email da mesma que recebo, os outros dois nem me chateei ao passo que neste e por ter tempo para escrever respondi-lhes!

Descrevendo um pouco o conteúdo do email e detalhes pertinentes, recebo um email com o assunto “XXXXXX | Fevereiro 2011”, abro e vejo o remetente “no-reply@xxxxxx.pt”. Até aqui tudo bem, ou não…
Quanto ao conteúdo do email, irrelevante para mim, passei à frente, uma newsletter composta apenas e só por imagens que nem cheguei a transferir, fui logo ao fim do email na tentativa de encontrar algo para remover o meu email da lista de subscrições!

Deparo-me com isto:

“O presente e-mail destina-se única e exclusivamente a informar potenciais interessados e não pode ser considerado SPAM. De acordo com a legislação internacional que regulamenta o correio electrónico, Secção 301, parágrafo (a)(2)(c) Decreto S 1618, título terceiro aprovado pelo “105 Congresso Base Das Normativas Internacionais Sobre Spam” diz o seguinte: “O e-mail não poderá ser considerado SPAM quando incluir uma forma do receptor ser removido da lista”. Se por algum acaso o seu nome está incluido nesta lista por erro, ou gostaria de ser removido desta lista responda a este e-mail com o assunto “REMOVER”

IGNORANTES!!

 

Então dou uso às minhas habilidades de pesquisa e escrita, respondo à letra assim:

Boa noite,

Serve o presente email para vos informar sobre algumas noções neste mundo digital que decerto desconhecem, face às newsletters enviadas…

Tudo começa quando o meu email não foi subscrito em lago algum e a mensagem “O e-mail não poderá ser considerado SPAM quando incluir uma forma do receptor ser removido da lista” que está no fundo do email não é só por si válida, existe um conjunto de artigos adjacentes a esta frase que completam a legalidade.

Para além disto mais grave ainda é o remetente do email ser o “no-reply@xxxxxx.pt”, logo, o que vem a seguir à frase supra-citada “Se por algum acaso o seu nome está incluido nesta lista por erro, ou gostaria de ser removido desta lista responda a este e-mail com o assunto “REMOVER”…pois, isto poderia resultar no caso do email existir, o que não é verdade! Para além disto a tradução inglês->português do nome do email é “não responder”. Uma contradição…

Peço então que removam este meu email (yyyyyyyy@gmail.com) da vossa base de dados por vários motivos e toda esta informação poderá ser-vos útil para não errarem mais e não receberem uma qualquer nota de citação pessoal de advogado(s).

Indicando os artigos pertinentes ao caso em particular:
– Decreto-Lei nº 7/2004 de 7 de Janeiro, Artigo 22º (http://www.anacom.pt/render.jsp?contentId=952094)
– Decreto-Lei n.º 62/2009, de 10 de Março (http://www.anacom.pt/render.jsp?contentId=956777)

Com os melhores cumprimentos,
Diogo Almeida

Agora voltem-me a mandar uma newsletter que vão ver!

Anúncios
Categorias:Offtopic
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: