Arquivo

Archive for Dezembro, 2010

Carta aberta a Olivier Morais (Ensitel)

29 de Dezembro de 2010 Deixe um comentário

A novela Ensitel está ao rubro e cada vez mais se exploram situações…desagradáveis para a entidade vendedora!

O último artigo que li expõe algo que poucos puderam constatar, se calhar devido à falta de capacidade de observação na área em questão, a jurídica.

Pois bem, todo o conteúdo daqui para a frente é da propriedade do “PedroF” no seu blog ContraFactos & Argumentos:

Carta aberta a Olivier Morais (Ensitel)

Caro Sr.,
não venho por este meio insistir na V. insistência em nada perceberem de redes sociais mas nelas quererem marcar presença. Disso já outros se atarefaram, com melhor pertinência e qualidade do que eu poderia almejar.

Aliás, como já salientei com toda a minha mais rebuscada ironia à própria Maria João Nogueira, a V. empresa é excelente na transferência de responsabilidades, sem quaisquer equívocos, ao declarar cabalmente: “Ensitel – A tecnologia nas suas mãos“.

O que me traz aqui é outro assunto, aproveitando o momento de V. Exas. terem advogados eficazes e que podem arrumar a casa, por assim dizer, quando os media e as televisões em geral já estão atentos às vossas acções e quando o Facebook é moda para servir em qualquer notícia.

Ora a V. empresa está a usar esta rede social para, entre outros “likes” e fins, divulgar o regulamento para passatempos da Ensitel no Facebook.

A louvável medida integra, na minha humilde opinião, uma falha e uma inovadora política que poderá interessar a muitas outras empresas:

1) no ponto 3 da secção C – Dados Pessoais, consideram que “A recolha e conservação dos dados pessoais pela Ensitel ficam sujeitas ao disposto na legislação de protecção dos dados pessoais, nomeadamente a Lei n.º 68/98, de 26 de Outubro, ou qualquer outra que a venha alterar ou revogar“.

Como presumo que V. Exas. não se referem ao Decreto-Lei que “Determina a entidade que exerce as funções de instância nacional de controlo e a forma de nomeação dos representantes do Estado Português na instância comum de controlo, previstas na Convenção, fundamentada no artigo K.3 do Tratado da União Europeia, Que Cria Um Serviço Europeu de Polícia (EUROPOL)“, deveriam inscrever antes a Lei 67/98 (Lei da Protecção de Dados Pessoais (transpõe para a ordem jurídica portuguesa a Directiva n. o 95/46/CE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 24 de Outubro de 1995, relativa à protecção das pessoas singulares no que diz respeito ao tratamento dos dados pessoais e à livre circulação desses dados)) para obviar a potenciais problemas – nomeadamente para os participantes que se passatempeiam com a Ensitel e que assim apenas se podem escudar na 68/98 ou “qualquer outra que a venha alterar ou revogar” – mas não na anterior 67/98.

2) revelam V. Exas, no ponto 4 dessa mesma secção, que “Os dados pessoais dos Participantes serão conservados sob a responsabilidade da Ensitel até 3 (três) anos após o termo de cada passatempo, para efeitos de registo histórico“.

É verdade que a referida Lei 67/98 contempla esse arquivo histórico no artº 5 mas, deixando de lado a necessidade de ser requerida autorização à CNPD (por desta nada constar sobre este assunto na sua pesquisa), como é que justificam esse armazenamento durante três anos para um passatempo quando essa mesma lei afirma que “Os dados pessoais devem ser […] Conservados de forma a permitir a identificação dos seus titulares apenas durante o período necessário para a prossecução das finalidades da recolha ou do tratamento posterior“.

Acreditando que a V. empresa não precisa de três anos para recolher e processar os dados dos passatempos – e quando a CNPD só vos autoriza a manter durante 30 dias as muito mais sensíveis vídeogravações das instalações -, muito agradecia se me pudesse esclarecer este ponto, para obviar a futuras intervenções ignorantes deste simples interessado nestas matérias.

Melhores cumprimentos

[em actualização]

Anúncios
Categorias:Offtopic

Ensitel e muitos problemas

28 de Dezembro de 2010 5 comentários

Hoje em dia as empresas têm de ter a perfeita noção do mundo em redor, têm de acompanhar os novos tempos…mas parece que a Ensitel prefere manter os procedimentos arcaicos e acham que os clientes ainda são ignorantes!

No passado um cliente podia criticar negativamente uma loja a 4 ou 5 pessoas, hoje o mesmo cliente pode expandir a critica a milhares! Mas há quem teime em ignorar este facto.

Pois bem, os mesmos lidaram da pior forma com um problema de uma cliente e agora a novela está a ser divulgada…se lerem tudo o resto, abaixo transcrito, perceberão o efeito contrário das acções da Ensitel para com a cliente. O que uma tentativa de devolução de um telemóvel gerou…assim deviam de ser todos os clientes, lutando pelos seus direitos!
Mas pelos vistos existem muitos casos semelhantes, procurem pela web, como costumo dizer: Google is your friend!

Censura e lápis azul desapareceram no dia 25 de Abril de 74, daí eu e com certeza vários bloggers estejam a citar a novela, nos respectivos blogs pessoais.
Providências cautelares para retirar artigos de um blog??? Sem qualquer negociação ou tentativa de resolução de um caso? Ai estão bem estão…estão no caminho da decadência!

Isto basicamente resume-se a: se querem calar esta experiência então os internautas vão assegurar que a historia é espalhada aos sete ventos e tornada impossível de silenciar, mostrando aos senhores presos na idade das trevas da informação como funcionam as coisas neste fantástico mundo novo da internet.

Vamos lá ao que interessa:

Ler mais…

[Humor] Teste do verdadeiro amor

16 de Dezembro de 2010 Deixe um comentário

Não tenho por hábito meter aqui humor mas como faz parte e também precisamos de relaxar, aqui está uma engraçada:

Para saberes quem te ama de verdade, faz o seguinte teste:

  1. Tranca o teu cão e a tua mulher na bagageira do carro.
  2. Aguarda exactamente uma hora…
  3. Abre a bagageira…
  4. Vê quem está feliz por te ver novamente.

…o resultado é impressionante!

PS: não me responsabilizo por danos colaterais resultantes do teste 🙂

Categorias:Offtopic

A Liberdade de Expressão é Essencial à Sociedade

14 de Dezembro de 2010 Deixe um comentário

Andrei Sakharov faleceu faz hoje 21 anos – a 14 de Dezembro de 1989. A sua mensagem deve ser para sempre lembrada, tanto mais quando o caso WikiLeaks é a ordem dos dias.

A liberdade intelectual é essencial à sociedade – a liberdade de obter e distribuir informação, a liberdade para debates entre mentes abertas e sem receios, e a liberdade de não ceder a pressões. Esta trinidade de liberdade de pensamento é a única garantia contra a infecção das pessoas por mitos de massas, que, nas mãos de líderes hipócritas e demagogos, podem ser transformados em ditaduras sangrentas. A liberdade de expressão é a única garantia da viabilidade de uma abordagem científica  democrática à política, economia, e cultura.

Mas a liberdade de expressão está, hoje em dia, triplamente ameaçada pela sociedade moderna – a partir do deliberado ópio da cultura de massas, a partir das ideologias cobardes, egotistas e filistinas, e a partir de um dogmatismo ossificado de uma oligarquia burocrática e a sua arma favorita, a censura ideológica. Por todos esses motivos, a liberdade de expressão requer a sua defesa por todas as pessoas conscientes e honestas.

Andrei Sakharov

Categorias:Offtopic Etiquetas:, ,

WikiLeaks: parar a repressão

10 de Dezembro de 2010 Deixe um comentário

Artigo traduzido por mim onde a fonte original é http://www.avaaz.org/en/wikileaks_petition/?slideshow

A campanha de intimidação contra o WikiLeaks é um ataque perigoso à liberdade de expressão e de imprensa. Os maiores políticos dos Estados Unidos chamam à WikiLeaks de organização terrorista e ordenaram várias entidades a fecharem o portal. Pior, alguns comentadores atiraram ao ar o assassinato dos seus autores!

Independentemente da opinião que tenhamos sobre o WikiLeaks, pessoal ligado ao ramo da advocacia e juristas afirmam que nenhuma lei foi quebrada. Aliás, o grupo do WikiLeaks trabalha juntamente com jornais de renome – New York Times, Guardian, Spiegel – na selecção das informações a publicar…e a quantidade publicado são uns meros 1%!

É urgente um protesto massivo a favor da nossa liberdade democrática básica. Assine a petição para parar a repressão – numa semana vamos chegar a um milhão.

ASSINAR PETIÇÃO

[Relato] Operação Payback (pró WikiLeaks)

8 de Dezembro de 2010 Deixe um comentário

Para quem não sabe, o grupo de hackers por detrás da Operação Payback está a convocar utilizadores para descarregarem e instalarem software, preparando os computadores para auxiliarem ataques às organizações que pretendem silenciar o site.

Em geral, é tirado proveito de botnets para executar ataques de negação de serviço (DDoS, na sigla em inglês). Desta vez, no entanto, a situação é outra, como explica a especialista: “Eles estão a recrutar pessoas da sua própria rede”.
Por outras palavras, em vez de apenas aproveitar o poder combinado dos computadores infectados o grupo hacker está procura utilizadores que, espontaneamente, participem nos DDoS, dispostos a fazer com que diversas organizações paguem pelo possível silêncio do WikiLeaks. Ler mais…

Categorias:Segurança Etiquetas:, ,

Deserto do Sahara poderá alimentar o planeta

1 de Dezembro de 2010 Deixe um comentário

A desertificação ou a degradação de terrenos em zonas secas e áridas são factores que influenciam para a alteração climática do planeta. No entanto os desertos poderão ajudar o planeta, dizem uns investigadores da Universidade de Tokyo sob o projecto Sahara Solar Breeder Project, uma iniciativa que propõe o fornecimento de 50% da energia consumida pelo planeta, em 2050.

A chave para tudo isto é a sílica, um material encontrado na areia do deserto do Sahara e a matéria prima para o silicone. Os líderes da investigação afirmam ser possível transformar a areia em silicone que por sua vez daria para fabricar painéis solares para a instalação no mesmo deserto.

fonte

Categorias:Energias Verdes, Living